6 posições sexuais para levar sua parceira grávida a loucura


E aí Alpha! Tudo certo? Sexo na gravidez ainda é tabu pra muitos casais. Muito se fala em roda de amigos sobre mulheres que após engravidar diminuem drasticamente a quantidade de relações sexuais com seu parceiro. Algumas mulheres chegam até mesmo a não ter qualquer tipo de relação sexual ou intimidade durante este período.

Bem sabemos que muitos fatores estão envolvidos, desde medo, insegurança com a mudança no corpo, hormônios, entre outros fatores que podem fazer com que sua parceira não se sinta confortável com o sexo na gravidez. Cabe a nós homens sermos pacientes e entendermos que este momento passa e que essa explosão de sentimentos e hormônios a flor da pele deve ser tratada com toda atenção que elas merecem. Todavia o sexo na gravidez pode continuar sendo prazeroso para ambos, e o site babycenter.com divulgou uma lista com as melhores posições sexuais para mulheres grávidas.

"Sela" lateral

Época: Principalmente para os seis primeiros meses e possivelmente para os três finais, dependendo de como você se sentir. 

Vantagens: Seu parceiro é quem fica com todo o trabalho nesta posição. Aproveite enquanto as mãos dele passeiam pelo seu corpo. 

Desvantagens: A penetração é bem superficial. Outro problema é que, no fim da gestação, pode provocar tontura ficar deitada assim por muito tempo. Se acontecer, use travesseiros para deixar seu corpo ligeiramente levantado e virado para a esquerda.

Mulher por cima

Época: A gestação inteira. 

Para ter mais suporte e controle, você pode ficar com as costas arcadas para trás e segurar na cama ou no corpo do parceiro. Travesseiros ou almofadas embaixo do corpo dele permitem maior proximidade entre vocês. É uma ótima posição para uma "rapidinha" no sofá também. 

Vantagens: Ideal para quando a barriga está grande, porque não requer enorme flexibilidade com as pernas. Permite ainda que as mãos do parceiro fiquem com acesso direto a seios e clitóris. Pesquisas indicam que é a posição em que as mulheres mais sentem prazer. 

Desvantagens: Praticamente agachar por cima do parceiro é complicado à medida que a barriga cresce. Experimente dobrar os joelhos. 

Conchinha ou de lado

Época: Qualquer momento da gravidez, especialmente a partir do sexto mês, quando a barriga torna difícil o cara a cara. 

Apoie barriga e joelhos com travesseiros se precisar de mais estabilidade

Vantagens: Nesta posição, as mãos do parceiro ficam livres para acariciar e estimular o clitóris. Fica também fácil para por e tirar o pênis de dentro de você e usá-lo para carícias. 

Desvantagens: A penetração neste tipo de posição fica mais superficial, então, se você sente mais prazer com ela mais profunda, talvez não se satisfaça.

Cachorrinho ou de quatro

Época: Todos os trimestres da gestação, mas melhor ainda no terceiro, quando a barriga pode atrapalhar outras posições. 

Vantagens: Ótima posição para aliviar a pressão em cima da barriga e da pélvis. Ideal para grávidas que sofrem com dor pélvica ou lombar. 

Uma variação desta posição é com você apoiando mãos e joelhos na ponta da cama e o parceiro em pé fora dela. 

Desvantagens: Se você sofre de síndrome do túnel do carpo, bastante comum na gestação, ou dor nos pulsos talvez precise aliviar a pressão nas mãos apoiando-se contra uma parede ou um sofá. 

A penetração neste tipo de posição costuma ser mais profunda, então avise seu parceiro se incomodar ou machucar. Vocês podem tentar colocar um travesseiro entre suas costas e a barriga dele para que o pênis não penetre tão fundo. 

Outra alternativa é não dobrar tanto joelhos e cotovelos, ficando um pouco mais deitada. Com o joelho muito dobrado, a pressão na parede vaginal pode causar desconforto.

Papai-e-mamãe alternativo

Época: Provavelmente a gravidez toda, a menos que você tenha tontura por fica de barriga para cima. 

Vantagens: Cruzar as pernas em volta da cintura do parceiro, aproximando-o e, ao mesmo tempo, controlando o ritmo da penetração. As mãos dele ficam livres para acariciar seus seios e estimular seu clitóris. 

Desvantagens: Tontura. Para amenizar, posicione travesseiros ou almofadas atrás das costas e da cabeça para levantar ligeiramente o seu corpo.

Papai-e-mamãe clássico

Época: Primeiro e segundo trimestres, possivelmente no terceiro também, dependendo do seu nível de conforto. 

Vantagens: Quando está cansada, esta posição permite que você fique deitada enquanto seu parceiro praticamente cuida de tudo! Estarem cara a cara cria ainda mais intimidade, além de permitir que ele acaricie você durante o sexo. 

Desvantagens: Caso esteja com seis meses ou mais de gestação, pode acabar sentindo tontura por ficar deitada de barriga para cima. Para evitar isso, posicione travesseiros ou almofadas nas costas para subir um pouco o tronco (é uma ideia útil, aliás, para qualquer momento da gravidez). 

Pode ser que o peso do seu parceiro em cima da barriga também incomode. Experimente um papai-e-mamãe modificado, como no exemplo abaixo.

CONVERSATION

Instagram

Siga-nos